State House News Service

Search:
 

Exposição CLAC de 2017 em Zhuhai: Cooperação China-América Latina gerando novas oportunidades para negócios CLAC

 

ZHUHAI, China, 8 de novembro de 2017 /PRNewswire/ -- A Exposição Internacional China-América Latina e Caribe (CLAC) de 2017 será realizada no Centro Internacional de Exposições e Convenções de Zhuhai, na China, de 9 a 11 de novembro de 2017. As estatísticas de seu comitê organizador mostram que até 524 empresas de 61 países e regiões confirmaram participação na Exposição, e aproximadamente metade delas vêm da América Latina e do Caribe (LAC). A cidade tem se empenhado para aprofundar a cooperação com países LAC em todos os respeitos em uma ação para desenvolver exposição franca desses negócios a fim de mostrarem sua presença na Ásia, especialmente, na China. A realização da Exposição marca um desses passos importantes. Sobretudo, tem-se adotado políticas para apoiar as empresas LAC e construir o Parque de Cooperação Econômica e de Negócios China-América Latina.

Zhuhai, cidade litorânea no sul da China, próxima a Hong Kong e Macau, está entre as regiões que empreendem os maiores esforços a fim de promover a abertura e desfrutar mais políticas preferenciais do que qualquer outro lugar. Com suas vantagens institucionais, a localização privilegiada em termos de tráfego e o ambiente de negócios favorável, a cidade está tomando a frente em liderar a construção de uma ponte para futura cooperação CLAC.

Sabe-se que a Hengqin New Area de Zhuhai implementou um pacote de políticas a favor das empresas LAC neste mês de outubro. O apoio da política varia desde investimentos aprimorados e facilitação de negócios até apropriação fiscal. Devido a essas políticas de apoio, só são necessárias seis horas para que uma startup conclua sua inscrição comercial e a empresa qualificada desfrute de uma redução na taxa de impostos corporativos de 15 por cento.

Como plataforma mais recente para que Zhuhai consiga uma cooperação CLAC benéfica para ambas as partes, a Exposição apresentará prioridades que visam ao aumento econômico e à cooperação comercial ao realizar eventos relevantes nos setores de comércio, investimentos, finanças, cultura, esportes e turismo. A cerimônia de abertura da Exposição vai testemunhar do lançamento da primeira fase do Parque de Cooperação Econômico e de Negócios China-América Latina, que cobre uma área de 35 mil metros quadrados e fica localizado em Hengqin New Area.

Com uma área de planejamento de 244 mil metros quadrados, o parque recebeu um investimento de cerca de 2,5 bilhões de yuanes. Ele está projetado para satisfazer às necessidades de os negócios da LAC identificarem os recursos financeiros e de investimento na China. Isso, portanto, implicará um círculo mais amplo de empreendedores e maiores conexões comerciais. É dito que o parque assinou contratos de cooperação estratégica com dez instituições e empresas, incluindo a Câmara do Comércio do México na China.

A Exposição sinaliza uma nova tentativa em aprofundar a cooperação e o entendimento entre as duas partes à medida que a cooperação CLAC chegue a um nível mais elevado. Ela também gera oportunidade para que empresas LAC expandam seu mercado na China. Até o momento, a Exposição já presenciou a assinatura de 56 projetos nos ramos de suprimentos para impressão, logística moderna, engenharia petroquímica e utensílios domésticos, levando o valor total do contrato para 3,25 bilhões de yuanes. Esses parceiros de projeto são tanto de países da LAC como do Brasil e do México, além de países ao longo do Belt and Road (Cinturão e Estrada), incluindo a Tailândia e o Vietnã.

FONTE The Organizing Committee of China-Latin America and the Caribbean International Exposition

Back to top

 

© Copyright 1997-2010 State House News Service - Proud to be an Affiliated Company! | Privacy Policy  | Contact Us |
Room 458 - State House - Boston, MA 02133 | Newsroom Phone: (617) 722-2439 | Newsroom Fax: (617) 720-0341